segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2013

Fim

Daqui estamos despachados. 

Aprocheguem-se à página de facebook d'A Mão de Vata... ou então vivam felizes para sempre.

Link para a página facebookeira AQUI

Abraços e obrigado.

terça-feira, 15 de Janeiro de 2013

SLB 2-2 corruptos

1. Não sei se estava combinado, mas a verdade é que ninguém avisou a malta de que este jogo era uma homenagem ao Pedro Mantorras... bom, se não era, pelo menos na segunda parte pareceu, especialmente a partir do momento em que Jesus sacou de Martins e Aimar e o burro foi buscar ao banco o tetraplégico lagarto. Houve ali um momento em que aquilo mais parecia uma competição entre os dois treinadores, numa dinâmica "o meu apanhadinho dos cardans é melhor que o teu". Quando joão ferreira apitou para o final do jogo, havia mais participantes esbardalhados em campo do que no final do Dakar. No computo geral, penso que deu empate, mas não podemos escamotear a verdade... se o sporting tem entrado nesta competição, eram gajos para ganhar... é um plantel completo de deficientes motores.

2. Vamos lá a saber caro Sr. Joca Jesus... custa muito ganhar aos corruptos? Ou é ser demasiado exigente se pedir uma vitória contra eles? Levaste 3 anos a descobrir que a prioridade dos adeptos do Glorioso é ser campeão nacional (gente estranha esta turba lampiónica)... agora por quantos anos precisamos de renovar contigo para que venhas a chegar à conclusão de que também gostamos de arrear no clube do teu amigo papa pitas? E a ver se entendes óh Joca, não ganhares aos corruptos em casa é como ir a uma pastelaria, pedir um croissant de chocolate e comer só a massa folhada porque o chocolate parece fezes... é verdade que os corruptos também são uns pestilentos a deitar gosma cheia de peçonha Jorge, mas isso não impede que saiba "munta bem" malhá-los à dentada...

3. Há uns anos atrás acabou-se com a limitação de estrangeiros nas equipas de futebol através da Lei Bosman. Ontem fiquei com a sensação que se tinha acabado com a limitação de médios centro em jogos de campeonato quando o demente pereira entrou com 4 exemplares da nobre arte de abardinar jogos de bola na Luz. Está bem que o gajo devia andar com ciúmes por o Jesus ser o "Cruijf da Reboleira", mas desconfio que estudou mal a forma de se tornar no "Guardiola da Ribeira"... abusar nos médios centro manda chumbo quando eles são de ataque, se metes malta defensiva a monte e confias a criatividade da intermediária a um varela, não passas de um "luis campos do bairro do Cerco" ou um "azenha dos Clérigos" ou quem sabe um "zé mota da VCI".

4. O Glorioso continua a defender-se pior que uma pita a levar estalada nas bochechas do namorado rico com 40 anos, o que resulta em continuarmos a sofrer golos ao mesmo ritmo que o Jesus dá biqueiradas na gramática. Inclusive parece que já fazemos questão de sofrer golos... antes os adversários tinham que construir as suas oportunidades, agora quem as constrói somos nós... "ah vocês só têm destruidores de jogo no meio campo e não conseguem construir uma jogada de ataque? Chutem para dentro da nossa área que nós prometemos brincar ao macaquinho do chinês"... "ah o vosso criativo é o varela? Esperem que nós assistimos já o vosso ponta de lança"... definitivamente, nos jogos disputados na Luz não são os adeptos adversários que precisam ficar instalados numa caixa de segurança... é a nossa defesa...

5. No final do jogo a tripalhagem estava toda possessa das ideias por causa do árbitro e eu até concordo que houve ali um momento em que ele demonstrou um benfiquismo a toda a prova... foi logo no inicio da segunda parte quando o McGaitas estava no chão a contorcer-se com dores por o fernando lhe ter virado impunemente a rótula para Meca e o enzcremento se aproximou do juíz, reclamando claramente com ele "mira que Nico está muy enfermo y yo sei lo que es una persona enferma porque há 1 año mi mamancita también estava muy enfermita"... foi neste momento que o setubalense, num assomo de grande benfiquismo, sacou do amarelo e lhe disse "toma lá a verr se deixas de serrr aldrrrabão"...

6. Normalmente eu passo 525.960 minutos por ano a odiar o mangala e a adorar o Óscar Tacuara Cardozo... no final deste ano serei obrigado a dizer que foi tudo normal apenas durante 525.959 minutos. Ontem houve um minuto em que tudo se alterou, quando o paraguaio isolado atirou a nossa vitória ao poste. Naquele momento odiei o Tacuara por ter falhado um golo cantado e adorei o mangala por lhe ter partido a cabeça na primeira parte... mas sem confusões, atenção, pois não o adorei como adoro o nosso matador, foi ligeiramente menos porque senti alguma inveja do francês... naquele minuto queria ser eu o responsável por o Cardozo ter a cabeçorra toda ligada e até tinha uma marreta bestial mesmo à mão para fazer tamanha atrocidade.

7. Dizer que Matic fez um grande jogo é quase um pleonasmo derivado do tamanho dele... é a mesma coisa que dizer que o varela nem tocou na redondinha derivado do tamanho do talento dele. Um tipo com umas pernas daquele comprimento podia fazer balúrdios de guito a doar canela para transplantes e próteses para mutilados de guerra. Só para que se possa ter noção do tamanho de pernil do sérvio, o pontapé que resultou no golo foi aplicado a uma altura tal que o alex sandro nem conseguiu lá chegar com as mãos... e ele bem que as tem grandes... tão grandes que se alguma cigana lhe quisesse ler as linhas das palmas, tinha que meter dois meses de baixa para o fazer, se bem que a maioria das linhas das palmas das mãos dele são falsas... são quase todas marcas das costuras das bolas...

8. O futebol é uma modalidade ideologicamente facciosa e elitista, destacando apenas os vencedores e os bem sucedidos e votando aos bafientos porões dos triremes romanos todos os menos abonados de talento e/ou sorte. Da minha parte sempre tento também destacar esta última classe de praticantes do desporto rei, e por isso lanço aqui o desafio de no final do ano se guardar um espaço no momento de atribuição dos prémios referentes à época 12/13 para que seja premiado o "Melhor Pontapé Na Via Láctea e Arredores do Ano", sendo que desde o último clássico os principais candidatos a levantar a estatueta são o Artur e o otamendi nos respectivos segundos golos adversários. Os pontapés na coitada da Galáxia foram tão agressivos que o conselho de disciplina está a ponderar abrir inquéritos sumarissimos a ambos os atletas por agressão ao ar.

9. Há pessoas que têm uma estranha queda para a deselegância e o nosso Presidente infelizmente é uma delas (atenção que por falta de elegância não refiro a total ausência de ombros com que o corpinho dele foi dotado). Desta feita o rapaz veio para a imprensa apelidar os seus nobres rivais de serem "burros" algo que definitivamente eles não mereciam... aquilo é gente de tal forma cefalicamente evoluída que só precisaram de 1 ano para apreenderem condignamente todos os parâmetros da lei do fora de jogo, que sejamos sinceros, é das mais complexas da modalidade que tanto gostamos, especialmente naquele ponto que diz "está fora de jogo todo o jogador que só tenha entre si e a linha de golo apenas 1 ou menos jogadores adversários... excepto se o atacante vestir mal e porcamente e tenha o cabelo rapado à machadada".

10. Terminados todos os jogos em casa da primeira volta, concluímos que não conseguimos bater ambos os clubes corruptos nas respectivas recepções, o que grosso modo significa que vamos ter que ganhar este campeonato fora de casa. Basicamente, no virar das metades ligueiras, estamos numa posição exactamente contrária à da temporada transacta o que pode ser muito bom sinal, visto no ano passado a segunda volta ter corrido da forma catastrófica que sabemos. Talvez a justificação para tal acontecimento seja o facto do Vieira ter entranhado tanto na sua cabeça que a sua principal função como Presidente do Glorioso é arrumar o clube, que está pouco interessado em ter festas em casa, com toda a desarrumação e sujidade inerentes a estes acontecimentos. Assim de certeza que haverá motivação extra para ir fazer chavascal em condomínio alheio... e por mim... tudo bem!!

segunda-feira, 7 de Janeiro de 2013

amarelinhos 1-3 SLB

1. Costuma-se dizer que quem não tem cão caça com Flauber (penso ser assim). Hoje à falta de um Rei ainda em condições físicas para assumir um lugar no 11 inicial do SLB, o melhor que Jesus conseguiu arranjar para celebrar o Dia de Reis Magos foi mesmo um "El Mago". A outra alternativa para comemorar o 6 de Janeiro como deve ser, era o "Rei Sol" mas esse está inscrito na Liga como presidente, não como jogador. Nota de destaque também, foi o regresso à patrão de Aimar... entra e é logo capitão... isto deve dar que pensar a LFV na hora de o convidar para a estrutura da SAD... o argentino pode querer chegar lá e ser logo presidente.

2. Durante a semana o pinheiro defensivo estorilista disse que o SLB lhe tinha dado uma facada nas costas por o ter chumbado nuns testes aos 16 anos... hoje o McGaitas deu-lhe um pequeno exemplo de outras coisas que poderia ter feito estando de costas, para além de levar catanadas à mariquinhas. Inclusive mostrou-lhe uma habilidade que se ele soubesse fazer lhe tinha garantido um costado ileso após os testes no Glorioso. Pelo que vi do conterrâneo do Fernando Aguiar no resto do jogo, ele não percebeu porra nenhuma de como aquilo se faz, o que me leva a pensar que não há mesmo ninguém no Canadá que saiba dar um pontapé à homem num cautchú...

3. De um momento para o outro, Cardozo deixou de ser "" o melhor goleador do SLB e tornou-se também o melhor marcador de cantos... bateu 2 cantos, deu 1 golo. Claro que momentos surpreendentes como este, normalmente dão azo a comentários à "adept'da bola": FODASSE CARDOZO A MARCAR CANTOS? O HOMEM TEM É QUE ESTAR NO CORAÇÃO DA ÁREA... QUE MERDA DE IDEIA É ESTA?? (pum Cardozo mete na área... toc Gaitan de calcanhar... bumbas gooooolooo)... FODASSE ATÉ QUE ENFIM ALGUÉM VIU O QUE EU ANDO A DIZER HÁ ANOS, O CARDOZO TEM QUE MARCAR AS BOLAS PARADAS TODAS PAH!!!

4. A forma como Ezequiel Garay está a jogar é absolutamente assustadora e enorme. Agora percebo porque andou ele há uns meses a meter umas fotos no twitter com a sua dama junto ao Cristo-Rei em Almada... quis mostrar ao mundo a miúda dele ao pé do único monumento maior que ele em Portugal e não estou a ver isto do ponto de vista sexual, até porque o Cristo Rei é composto por matérias inertes e de certeza que não havia Tamara Gorro no Mundo que o fizesse ganhar essa competição ao Za'quiel (com todo o respeito pela xôdona Garay). O argentino é conhecido no mundo da bola como "El Negro", mas são os adversários que se vêem negros para o ultrapassar.

5. Quando fomos campeões com Trappatoni os nossos adversários soltaram do "Livrinho Mundial Das Desculpas Parvas" para lerem o capitulo IV "Ganharam porque jogaram com o estoril no Algarve". Este ano jogamos com eles na Amoreira e a coisa até foi mais fácil, portanto vai ser difícil sacar de desculpas se formos campeões, mas eu dou algumas sugestões: "o estoril é vosso amigo e tapou os buracos do relvado com areia e o Sálvio assim não caiu lá para dentro" ou "o estoril é vosso amigo e não diminuiu o tamanho das balizas e por isso o remate do Sálvio não saiu por cima" ou ainda "o estoril é vosso amigo e por isso jogou com um gajo chamado Gerso por saber que vocês não se dão bem com nomes brasileiros que acabam em son, como liedson".

6. Durante anos não percebi porque raio o estoril se chamava estoril-praia. É certo que existem coisas mais pategas, como clubes que se chamam "blá blá blá Clube de Portugal" quando na verdade todos os portugueses têm vergonha deles, mas o caso do estoril sempre me criou mais comichão na testa, a ponto de começar a ficar careca nessa área cranial. Hoje finalmente fiquei a perceber... é porque o estoril joga num campo com mais areia da praia do que relva. Normalmente o Festival Internacional de Esculturas na Areia em Pêra costuma fornecer menos arenitos aos escultores do que o estoril oferece aos atletas... e pensar que foi em jogada de bola aérea que o McGaitas esculpiu o monumento do jogo...

7. Normalmente estes jogos contra equipas mais fracas vindas da Segunda Liga tem o condão de provocar o reencontro com antigas vedetas da catedral da Luz. Hoje tivemos para momento nostálgico o João Coimbra, que só joga na Amoreira porque possivelmente é da família do sr. António Coimbra da Mota, que dá nome ao pelado, e o Carlitos que apenas confirmou porque não triunfou no SLB e porque se chama Carlitos e não Carlos... na realidade não é um jogador, é um jogadorzito. Infelizmente teremos que esperar por novo jogo contra os canarinhos para revermos o desleal e o primeiro "surfista-futuro-craque-do-SLB-vindo-das-nossas-escolas", Tiago Gomes... que sempre demonstrou tanto jeito para a bola como eu para cavalgar ondas.

8. O nosso futebol é pródigo em coisas fantásticas, a principal das qual é vermos consecutivamente jogadores distribuírem mais fruta pelo campo do que o papa pitas pelos árbitros e conseguirem terminar os jogos sem ver cartões. Hoje gonçalo santos deve ter feito umas 5 ou 6 faltas (perdi-me a partir das 4... não sou muito bom com matemáticas, confesso), saiu de campo sem ser admoestado e ainda conseguiu marcar um golo. Talvez mais do que achar que mostrar amarelo a um jogador vestido de amarelo era chinesice a mais, duarte gomes deve ter poupado o rapaz à sanção por pensar que devia homenagear o regresso de um "santos-pauliteiro-impune" à Primeira Liga, isto depois da retirada do mago da impunidade, paulinho santos.

9. As pessoas têm a ideia de que a relação entre jogadores e árbitros é má, porque uns roubam, os outros simulam e ofendem-se mutuamente, chegando inclusive a haver trocas de líquidos salivares(atitude pelos vistos apoiada inequivocamente pelo presidente da fpf). É por isto que às vezes é bonito ver que este estereótipo nem sempre corresponde à verdade, e desde que as pessoas tenham bom coração pode haver uma relação amigável entre ambos os intervenientes no jogo. Dito isto, resta-me aplaudir o facto de Eduardo Salvio dedicar todos os seus golos a árbitros e fiscais de linha... pelo menos penso ser isso que ele quer dizer quando faz aqueles oculinhos com as mãos de cada vez que faz a bola passar a linha de golo...

10. Não me quero colocar aos calcanhares dos No Name Boys em termos de "loucura benfiquista", quanto mais ao mesmo nível, mas quando eles hoje cantavam "Dizem que somos loucos da cabeça" durante a segunda parte, eu pensava "pois sou"... é que tenho 3 regras comportamentais básicas para garantir que o SLB ganha: após o apito inicial da partida eu não como, não bebo e nem... mijo... e meus amigos, podem crer que hoje foi daqueles jogos em que tive que dar mesmo o corpo ao manifesto. Aguentei tanto a bexiga, que quando o Artur sofreu aquele golo só consegui sussurrar "catanos dum raio, eu aqui a aguentar-me todo  da uretra e o Moraes vai e mija-me fora do penico num lance tão fácil".

quinta-feira, 3 de Janeiro de 2013

O Hábito faz o Medo

Andar constantemente de "fralda borrada" ou "a tremer mais que três idosos com parkinson", que é como quem diz "ter medinhos avulsos e compulsórios" é uma circunstância própria de(o) ser humano, apesar de ser difícil ao típico macho latino profissional do manejamento do volante pesado de mercadorias admitir tal existência na sua pessoa. Camionista de MAN (porque camionista que é camionista conduz à "Man") que no Inverno vai da Guarda a Castelo Branco por Coimbra, não admite que o faz por temer o gelo e a neve na Serra da Estrela, afirma a pés juntos que apenas assim procede porque anda a espalmar uma universitária de Erasmus contra um colchão... e a irmã dela na República Checa também... e uma prima de ambas na Eslováquia (porque está na altura de acabar com esses estereótipos idiotas... camionista é gajo culto que sabe os laços históricos entre estes dois países).

Não pertenço à categoria dos indivíduos sem medo e o simples facto de não conduzir um 12 rodados é disso prova... tenho medo de passar o dia inteiro junto a tanta borracha vulcanizada, pela mesma razão que fui a Nápoles e não meti os calcantes em Pompeia... não me sinto confortável perto de coisas que de repente se podem vulcanizar dos carretos. Mas atenção, não pensem que sou um "coninhas" selectivo, do tipo "ah só temo o que não conheço" ou "ui sem conhecer não posso temer"... não, eu vivo com as minhas mãos desde que nasci e mesmo assim não confio nelas a 100%, sei que a qualquer momento podem-me aleijar. Por outro lado, nunca levei uma chumbada de caçadeira, mas isso não evita que em dias de caça eu hesite antes de urinar atrás de um arbusto. Utilizando uma expressão de índole desportiva, no que diz respeito à cagufa eu caracterizo-me por um ecletismo a toda a prova.

Dito isto, tenho uma confissão a fazer ao Mundo (penso ser esse o nome do meu leitor)... neste momento estou mais mijadinho de medo do que o tavares em San Siro, com a diferença de que eu tenho razão para estar nestes aprontos... sinto que algo de estranho se prepara para ver a luz do dia na nossa visita à amoreira na proxima jornada campeonateira, conquanto a mesma só se ir realizar a horas de recolher obrigatório. Baseio este meu feeling em declarações de altos dignatarios corruptos nos últimos dias. Se por um lado o capitão da cafila corrupta veio dizer que deseja jogar na Luz em igualdade pontual com o Glorioso, sabendo nós que tal não depende das hostes cadastradas (apenas porque são a única equipa no mundo a poder cometer legalmente ilegalidades regulamentares), agora vem o homônimo do tipo do conselho de arbitragem colocar em causa a hipótese de alguém poder vir a derrotar os canarinhos na sua própria gaiola (olvidando tal espécime que este ano o SLB saiu vencedor de todos os prélios disputados em terrenos de onde a corja corruptora saiu desprovida de 2 pontos por manifesta poupança em géneros alimentícios alternadeiros).

O súbito interesse por um jogo banal do Sport Lisboa e Benfica por parte de um tipo de gente, cujo dossier de transcriçoes de escutas é maior que o dossier que compila o nome de todos os membros da organização fundada por Baden Powell, que certamente atingirá o seu momento pinacular com umas recordações do algarvio jogo entre ambas as equipas, a fim de incendiar o espírito amarelo, traz à baila a quase certeza que podemos estar perante um fim de semana de grande actividade "sexuarbitral". Apesar de todo o meu ecletismo mariquinhas, o tipo de miaufa que me invade neste momento é o que normalmente me afecta quando o tema é futebol... "temo o que conheço em abundância".

quarta-feira, 2 de Janeiro de 2013

SLB 6-0 passarinhos

1. É curioso verificar que neste ano o SLB tem, ciclicamente passado por "fases de adversários". Em Novembro passamos pela "fase verde e branca", quando tivemos que atropelar sucessivamente rio ave, moreirense e celtic. Agora, passados quase 2 meses, eis-nos entrados na nossa "fase amarela" em que somos confrontados com aves, estoril e corruptos, que apesar de não equiparem de amarelo, são mundialmente conhecidos por recorrerem amiúde à famosa "amarelinha". Resta saber de que cor vai ser o nosso sorriso no final desta epopeia amarelada.

2. Pode ter havido muita gente que não reparou, mas num jogo entre águias e aves, Jorge Jesus fez o obséquio de deixar o Melga de fora, talvez por achar que já eram demasiados voadores em campo. Diga-se de passagem que foi uma decisão muito bem esgalhada a nível estético, especialmente se tivermos em conta que esteticamente estamos a falar de um indivíduo que masca pastilha elástica de boca aberta. Felizmente para nós o treinador avense não teve a mesma preocupação e atirou lá para dentro o romeu, que apesar de não ter nome de animal aéreo, passou o jogo todo com a cabeça no ar.

3. Não sou publicitário, mas sei que há por aí muitos que são e portanto sinto-me na obrigação de os ajudar em tempos de crise e deixar aqui umas ideias para slogans promocionais do sistema defensivo do treinador avense, josé vilaça: "defesas vilaça, por nós até o luis duque a correr passa"... ou "defesas vilaça, a melhor forma de enterrar o aves na Taça"... também pode ser "defesas vilaça, a partir dos 4 secos quase já perde a graça"... e vejam esta "defesas vilaça, até o Bruno César parece que não tem pança"...  vá, só mais uma "defesas vilaça, não são más, são uma desgraça"...

4. Já tinha visto muita equipa jogar na Luz, cada qual com a sua ideia para de lá sacar um bom resultado. Já houve os que apostaram em defender com muitos jogadores atrás, outros julgaram ser melhor atacar com muitos jogadores na frente, mas este desportivo das aves apostou num sistema inovador e que eu desejo ardentemente que faça escola entre todos os nossos próximos adversários: foi a primeira equipa a entrar na Catedral para defender com muitos jogadores à frente e atacar com muitos jogadores atrás. Foi um sistema tão inovador que desconfio que se o bruno carvalho se voltar a candidatar à Presidência do Glorioso entra a pés juntos com o josé vilaça como treinador.

5. Agora vamos lá falar de coisas sérias... caro Sr. Norton de Matos... é impressão minha ou o nosso Benfica B está a 5 pontos destes tipos? Já não lhe basta ser o único treinador no Mundo que consegue meter uma equipa de futebol sénior do Benfica atrás de um sporting, ainda tem a habilidade de distar 5 pontos destes pinocos que nem para demarcar obras na estrada serviam? Se estes rapazes tivessem vergonha na cara, hoje alteravam o nome do clube para Clube Desportivo dos Leões e depois queria ver como o senhor Norton explicava o facto de estar atrás de 2 equipas de felinos e 1 de pastéis.

6. Temos que ser humildes e realistas e admitir que hoje os nossos jogadores foram um exemplo de dedicação, profissionalismo e respeito para com o clube. Uma grande diferença do que se passou em Moreira de Cónegos o que, a acreditar na explicação do nosso mister no final desse jogo, me leva a pensar que desde domingo que o SLB não treina... não se notou ali nenhum tipo de sequela por cargas pesadas de trabalho... aliás, ainda no ramo das "cargas pesadas", é que nem sequer se notou a barriga do Bruno César... talvez ele tenha aproveitado o Natal para se meter em forma, ao contrário dos outros 99,9% da população Mundial.

7. Jorge Jesus tem a fama de ser um gajo que arrisca muito, cheio de coragem e uma certa dose de loucura (este epíteto é só por causa do cabelo desgrenhado à Doc Brown). Olhando para esta imagem construída em volta do nosso mister, hoje fiquei com a ideia de que lhe faltaram tomates na substituição do Jardel... meter o Matic? Mas agora estás armado em Trappatoni? "Ai lesiona-se um central, meto um trinco alto e estou a arriscar"? Porra Jota Jota, de homem viril e tomatudo em modos Thomásicos era sacares do calmeirão brasileiro e enfiares lá com o minúsculo Sálvio, proibindo-o de dar chutões e com ordem para sair sempre a jogar.

8. Se há gajo no Mundo que tem maus fígados é mesmo Jorge Jesus. O tipo é gajo para nunca esquecer um desfeita nem uma picardia. Só por isso é que ele sacou o Tacuara Cardozo de campo antes dos 70 minutos... para garantir que a sua maior goleada ao serviço do Máiór do Mundo continua a ser contra o Arrigo Van Gaal do Bonfim, o tal que sempre que pode afiambra-lhe umas bocas fatelas... e se o objectivo era mesmo deixar o recorde nas mãos do azelha, Jesus teve a atitude correcta... Cardozo deve ser neste momento o único homem com piores fígados do que Jesus num campo de futebol e com mais 10 minutos em campo era gajo para fazer um bi-poker... ou um tri-hattrick...

9. Continuando ainda no registo de recordes, Nolito hoje inscreveu o seu nome no livro do Guiness como o "Homem Com Mais Melhores Intenções Não Concretizadas Durante 90 Minutos". Tudo o que o espanhol imaginava com bola era perfeito, esplendoroso e tiqui-taquiano (portanto tiki-taka, mas em português que ainda sou do tempo em que o K não fazia parte do alfabeto)... tudo o que lhe saia dos pés era asneirado, azelhado, vercauterenizado. Hoje era um daqueles dias que se o Manelito decidisse ir dar sangue, a enfermeira espetava-lhe a agulha na vesícula biliar por engano e a única coisa que ele oferecia aos enfermos era bílis...

10. Agora que já acabou o jogo, vamos lá a saber: quem foi o engraçadinho que, vendo o desportivo das aves a encher valentemente o bandulho com golos do SLB, se lembrou de fazer passar num placard publicitário o anuncio à "www.feelgreen.pt"? Ganhar tudo bem, golear ainda melhor, mas humilhar e fazer pirraça é que não acho bem... havia necessidade de querer fazer os avenses passar por "verdes"? É certo que o sofrimento deles era semelhante ao de tantos verdes e brancos que nos defrontam, mas... precisávamos espezinhar... necessitávamos deitar sal na ferida... tínhamos que os alagartar?

segunda-feira, 31 de Dezembro de 2012

Ao cuidado do leitor

Desejar a todos um "Feliz Ano Novo" parece-me, não só demasiado ambicioso, como subjectivo. Como tal A Mão de Vata deseja a todos um "Feliz Maio de 2013"!!

domingo, 30 de Dezembro de 2012

gajos das camisolas ultra esquisitas 1-1 SLB

1. Ponto prévio: se passaste o Natal a atropelar impunemente filhós, musses e pudins e durante todo o resto da última semana tiveste que trabalhar com grandes cargas, que até parecias um estivador a descarregar à mão 4 contentores de bugigangas vindas da China, podes ler este post sem qualquer tipo de vontade, empenho ou respeito pois estarás no teu pleno direito. Nem te sintas mal por actuares de tal forma, eu é que deveria ter mais atenção por ti e escrever isto só lá para Fevereiro ou Março, altura em que provavelmente já estarás recuperado destes dias de férias altamente exigentes. E se porventura alguém te criticar pelo teu comportamento na leitura deste post, responde-lhe apenas "estou a prestar homenagem à equipa do Benfica que se apresentou em moreira de cónegos".

2. Penso ser da mais elementar justiça a Liga de Clubes endereçar uma mensagem aos jogadores do SLB por ter marcado um jogo de Taça da Liga apenas 4 dias após o término das férias. Há que ter respeito pelos atletas que nem tiveram de jogar no dia 26 como fazem os palermas dos ingleses (vê-se logo que é gente com pouca experiência no ramo do futebol). Ainda por cima logo para jogar a seguir a férias, a Liga reserva um confronto contra a única equipa portuguesa que não teve férias... ah também tiveram... bom mas notou-se ali que houve gente que não feriou como deve ser... por exemplo, aquele ghilas... o gajo é muçulmano, não teve que festejar Natal... partiu logo em vantagem... não devia ser permitido... primeiro jogo após férias devia ser só contra jogadores católicos.

3. É um facto que em Portugal não temos o Boxing Day como na Bifólândia, mas garanto-vos que se dependesse de mim hoje era Kickboxing Day no futebol português... pelo menos durante 90 minutos, se eu apanhasse um jogador do SLB na frente enchia-o de pontapés e sopapos nos beiços e nem sei quem levava mais... se Paulo Lopes por ter perdido 2 minutos para marcar um pontapé de baliza na 1ª parte, se Garay por não ter ganho nenhum lance ao ghilas ou se enzcremento pérez por vestir a camisola do SLB... felizmente neste caso o lateral direito cónego mostrou todo o seu benfiquismo e retirou-o de campo lesionado... talvez agora a mãe dele meta baixa no trabalho para vir para Portugal porque tem o filho doente.

4. Já não me recordava como por vezes há jogadores do SLB que estão lá há mais de 2 anos e parece que ainda não conhecem o clube. Hoje voltamos a ter uns laivos desses tristes momentos, o que resultou numa exibição do SLB tão má que foi quase à anos 90... foi tanto assim que houve ali momentos em que eu dei por mim a gritar "mexe na equipa autuori"... "muda o pirilau autuori, muda o pirilau"... aliás, a coisa foi tão grave que quando Jesus mandou entrar Rodrigo, eu só ouvi o comentador dizer "vai entrar o avançado espanhol", o que me levou a gritar "fodasse a perder e vai meter o tote??". Felizmente não temos nenhum sueco no elenco actual, senão o Jesus era capaz de o querer em campo e eu no meio da confusão ainda era gajo para vir a precisar de um desfibrilhador.

5. Conquanto a exibição dos nossos bravos atletas me tenha feito recuar até aos loucos anos 90, momento houve aos 91 minutos que ainda mais para trás na história me levou... a última vez que vi um golpe karateca como o que aniltou aplicou no Cardozo foi protagonizado pelo Mr. Miyagi num dos Karaté Kid's, esses vultos cinematográficos oitentistas. Depois de ver aquilo, tenho a certeza que ele chegou ao balneário e abriu um six-pack de garrafas de sumol só com um golpe de mão... no seguimento do lance, Jesus quis mostrar que conseguia manter o registo miyagiesco e deu ordens para a marcação da grande penalidade "Cardozo On... Lima Offf... Cardozo On... Lima Off...".

6. Por acaso esta semana dei-me ao trabalho de consultar o Regulamento de Competições da Liga, no âmbito de outra pesquisa (juntar as palavras âmbito e pesquisa na mesma frase dá ar profissional) e não encontrei nada que o referisse, mas não posso deixar de colocar a dúvida... existe alguma regra que impõe que as equipas verde e brancas são obrigadas a ter relvados em más condições? Este estava tão bom que na primeira parte o Jardel cavou-lhe um buraco que se não tem sido tapado logo, ainda perdíamos lá o Salvio. Por outro lado, este estádio faz-me lembrar aqueles em que o SLB joga na Suiça e na França no Verão... se calhar também passou por aí a má exibição encarnada... os nossos jogadores pensaram que estavamos no estágio de pré época.

7. O relvado estava num estado alvaladesco, mas o Salvio de certeza que jogou de sapatilhas... não via um gajo escorregar tanto desde que na semana passada deu um Watts na Eurosport com imagens dos Jogos Olímpicos de Inverno. Raisparta do craque argentino, de cada vez que pegava na bola, parecia que os defesas do moreirense iam atrás dele com vassourinhas a varrer o relvado como fazem no curling para deslizarem as pedras. Se Nené era criticado por não sujar o equipamento, Sálvio vai ter uma estátua ao lado da do Eusébio por o ter deixado completamente esborratado... mais cagado que aquilo só mesmo uma camisola dos corruptos...

8. Um exemplo do facilitismo e falta de empenho evidenciados neste jogo foi o facto de o Cardozo ter deixado outro jogador marcar um penalty, talvez pela primeira vez desde que chegou ao Glorioso. No final, o que parecia ser um momento de companheirismo revelou-se uma seta no coração da confiança entre os nossos dois avançados... Lima pediu a Cardozo para marcar e este pensou "bom... se é para marcar, faz-te lá ao golo, homem"... Lima pegou a bola e falhou... mentiu a Cardozo, disse que era para marcar e afinal foi para falhar... só para não ser aldrabão, desconfio que Tacuara nunca mais o vai deixar sequer olhar para a marca de grande penalidade, quanto mais bater penaltys...

9. Quando chegou a Portugal Cardozo era um tipo pragmático a marcar penaltys, chegava lá e chutava a 700km/h para o canto inferior esquerdo do guarda redes... depois falhou 1 penalty e passou a bater a 800km/h para a direita do guarda redes... falhou 1 penalty e passou a bater a 900km/h para o meio... falhou um e começou a bater a 1km/h para onde quer que o guarda redes não esteja... sei que pode parecer anti benfiquismo primário, mas começo a desejar ardentemente que ele falhe 1 penalty... apenas e só porque gostava de o ver martelar uma panenkada lá para dentro... apesar que conhecendo-o como já conhecemos, de certeza que o gajo batia um panenka a 1000km/h...

10. É muito gira aquela promessa do Vieira de voltar a colocar o SLB a jogar à tarde e há até muita gente que a apoia, mas eu começo a ter medo dela... é que das últimas vezes que jogamos antes das 18h00 a coisa correu mal como o catano... perdemos em St. Petersburg... perdemos em Moscovo... empatamos em Moreira de Cónegos... só ganhamos 1-0 aos pastéis há 3 anos na Luz quando eles eram últimos no campeonato... jogos à tarde correm-nos tão mal que se marcássemos um jogo contra os lagartos para as 16h00 na Catedral, possivelmente só ganhávamos por 3-0. Muito sinceramente, só espero que esta aversão dos nossos atletas ao sol não seja sinónimo de maior habituação à vida nocturna... o que contudo, explicaria muito dos insucessos dos últimos anos...