sexta-feira, 1 de julho de 2011

Post Brejeiro

"Não é preocupante estar a trabalhar com mais jogadores do que aqueles que vão ficar, permite ao treinador perceber a evolução dos que estiveram emprestados."
Rui Costa
Pois pá, se não emprestassem os jogadores excedentarios a clubes brasileiros, argentinos, uruguaios, espanhois e mais la do caralho que os foda, não precisavamos de andar a perder uma puta de uma pre epoca a tentar perceber o que é que eles tinham evoluido.

2 comentários:

Abdul Abdullah disse...

Bem dizido.... buuurrrp

Manuel disse...

Hic!, uma cerveja p´rá mesa, hic!, do camp... perdão, canto!

Constantino para treinador, já!