quarta-feira, 3 de novembro de 2010

O cumulo da filha da putice

Hoje fui beber um café com um engenheiro de uma empresa minha cliente sedeada em Gaia. Alguém ao balcão comenta a nomeação do Gélito para arbitrar a vitória do SLB nas antas. O meu colega de cafezada, tripeiro assumido, vira-se para mim e diz:
"Fuodasse num há bergonha, para um juogo do fêcêpê com o Benfica nomeiam um árbitro de Lisboua que é sócio do Benfica".
..........
..........
..........
Fui eu que o convidei para beber café, mas foi ele que teve que pagar a conta.

7 comentários:

Anónimo disse...

Tino acho que não percebeste bem ... o que ele disse foi: "Fuadasse num há bergonha caralho, pron juago do puarto com o Benfica nomeiam um filha duma granda pouta dum árbitro de Lisboua cainda prú cima é sócio dos mouros...á granda pouta quius pariu!" ... e a conta deve ter sido paga à moda do porto! (cada um paga o seu!) :-D

Éter disse...

E foste beber café normal ou daquele à moda do foculporto, acompanhado por chocolatinhos?

Desculpa lá a pergunta, mas agora sempre que alguém me diz que vai tomar café eu fico na dúvida...

Jotas disse...

Antes de mais quero pedir desculpa pela minha forçada ausência de alguns dias, mas por vezes a nossa vida a isso nos obriga.

Deve se ter esquecido so penalti!!! do Lizandro. De benfiquista este Proença não tem nada de nada.

VHugo disse...

Só se tiver o cartão com as quotas em atraso!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/11/semana-decisiva.html

Anónimo disse...

Fiquei sem perceber que é o filho duma puta !

Anónimo disse...

Alguem se lembra que foi este arbitro que esteve no jogo FCP - SLB de há 2 epocas atrás? e que ficou 1-1 (com a quele golo do Yebda?) E que perdoou um golo aos corruptos, tendo depois dito que se tinha enganado??? O amigo mãodeVata não se lebrou dessa, pois não?

Prof. Pardal disse...

alguém se lembra da pouva vergonha na ultima supertaça em Aveiro e do role de jogadores encarnados poupados a expulsão com beneficio evidente do infrator? e mesmo assim perderam? ! há pois ! não foi o PP. Desolé!