terça-feira, 16 de agosto de 2011

A sério? Mas mesmo a sério? Não, mas mesmo, mesmo a sério?

Ontem, enquanto jantava num tasco Carnaxidense, deu-se inicio ao fim da 1ª jornada com um jogo entre o marinhense (nota 1: equipa cujo treinador costuma olhar para o chão quando os seus jogadores são agredidos por jogadores corruptos) e a académica. Normalmente em jogos que envolvem subditos corruptos eu fico sempre dividido: não sei se desejo que caia sobre o estadio uma bomba atómica que os evapore todos ou se desejo que se abata sobre o estadio uma bomba de napalm que os esturrique todos. São duvidas existênciais que certamente afectam mais pessoas, eu sei, mas isto também não é um concurso de originalidade, apenas é um desabafo.

Ora, encontrava-me eu nestes pensamentos, quando aparece na telinha a equipa titular do marinhense (nota 2: equipa que se deixou violar voluntariamente nas antas há 1 ano e ainda bateu palmas) quando vejo escarrapachado o nome de Andre Almeida. Pensei de mim para comim "será ele?"... era, confirmei-o pela cara dele. Depois surgiu um tal de Elvis, e eu, rapaz bem informado das 6 dezenas de excedentarios do SLB pensei novamente "sera ele?"... era, confirmei-o no zerozero.pt. Foi inclusive no zerozero.pt que vi o nome Shaffer no plantel marinhense. Pensei "sera ele?"... bom não precisei pensar, estava la a foto dele.

Confirmado o emprestimo de 3 jogadores do SLB ao marinhense (nota 3: equipa que tem o estranho hábito de aumentar astronomicamente os bilhetes nas recepções ao SLB) surgiram-me 2 dúvidas:

1. Seria o SLB capaz de emprestar 3 jogadores a um clube que tem, ciclicamente, adulterado a luta pelo titulo, sempre em favor dos corruptos?

2. Estará o SLB a perder, para alem da identidade e da competitividade, a noção da realidade?

Infelizmente para ambas as perguntas a resposta é afirmativa, pelo que neste momento, a todos os adeptos do SLB resta olhar para este marinhense (nota 4: equipa cujo presidente apareceu nas escutas do apito dourado) baixar a cabeça e se alguém perguntar alguma coisa dizer: não vi, estava a olhar para o chão....

PS - segundo li por ai, Carole pode estar, tambem, a caminho do marinhense (nota 5: ver as outras notas todas lá para trás)

PPS - acabo de escrever isto e vejo que o Oblak já deve treinar hoje com o marinhense (uma vez mais peço vossa atenção para as notas atrás). Macabro, no minimo.

5 comentários:

Jotas disse...

Caro constantino, só lamento que o Benfica não coloque mais e mais jogadores e mais clubes da liga, porque esse é um dos factores que vai dando títulos ao Porto, ou seja colocar jogadores em certos clubes e torn-alos dependentes de si, infelizmente no nosso futebol impera o que moralmente é incorrecto.
Por isso, esta questão que tanto te aflige, a mim, não me causa qualquer espécie de apreensão.

Carlos Alberto disse...

Conclusão: Comprámos o Marinhense (e o Granada já agora) e como pirraça à CMVM não disseram nada!

Constantino disse...

Caro Jotas,

Sem duvida que emprestar jogadores a equipas da 1ª Liga é a melhor politica, especialmente num clube que empresta em barda para a America do Sul (as vezes empresta jogadores aos clubes onde os comprou). Contudo no caso do marinhense é premiar quem ciclamente beneficia os corruptos. Equipas como o marinhense ou o setubal (por muito que me custe dizer isto de um clube historico do Sul mas que retira jogadores importantes nas antas com jogos empatados) para mim so merecem a 2ª Liga em vez de ajudas do SLB. Aliás veremos quantos pontos estas equipas roubam aos corruptos e a nós.

Abraço.

Anónimo disse...

uma palavra:

"MEDIA CAPITAL"

Bcool973 disse...

Não te podes esquecer que comprámos o mika ao marinhense