terça-feira, 15 de novembro de 2011

Michael Simões Domingues

Já referi aqui muitas vezes que a minha posição preferida no futebol é a de guarda redes (se não sabiam, tivessem mais atenção aos textos), admiração essa que cultivo desde tenra idade e que me permitiu admirar tipos como um Bento ou um Preud'homme (vá o silvino antes de esparvoar não era dos piorzinhos) no que respeita ao futebol cá do burgo, ou lá fora um Zenga (do Inter) ou um Bernard Lama, o redes mais subvalorizado do futebol mundial, para mim o melhor antes de ver o Saint Michel (o Bento que me perdoe a heresia) e talvez (reparem que é um talvez só para não dar uma de convencido, porque aqui a minha opinião vai ser bastante afirmativa) o guarda redes mais elástico da história do futebol.

É dentro deste paradigma que começo a desenvolver uma simpatia preocupante pelo 3º guarda redes do SLB, simpatia que ainda não atinge niveis homossexuais mas que vai crescendo a cada vez que o vejo jogar. Não digo que seja um super guarda redes, mas sempre que o vejo jogar, descortino nele qualidades para poder vir a ocupar o lugar do Artur'homme quando este deixar o SLB (daqui a 45 anos, espero eu), podendo no entanto, toda esta admiração ser um imenso disparate, sendo que tenho a meu favor o facto de nunca ter sido admirador do Roberto, do Nuno Santos nem do Zach Thornton, o que parecendo deveras óbvio, não deixa de me garantir alguma credibilidade na análise.

Aparte o seu nome (rapaz, Mika?!?... muda lá isso para Michael... ou Michel...), o jovem guardião transporta-me para as catacumbas dos anos 80/90, verdadeiras adegas de guarda redes vintage. Acima de tudo, desperta-me simpatia por não ter o minimo fisico de guarda redes do ano 2000: não se tratar de uma estaca de 2,00m, verdadeira trend do sec XXI, que teria privado o mundo de um Bento, de um Silvino (do espinho) ou de um Rui Gorriz (porra foi uma epoca inteira a ve-lo no Vale do Romeiro*, impossivel não o admirar), é meio rechonchudo, só ao nivel de um Paulo Morgado (alguem se lembra deste barril na baliza do abc de andebol?) e é ligeiramente corcunda, aspecto que o coloca ao nivel do Buffon, ou num nivel bem mais abaixo, do Silvino Louro (Louro agora que é treinador).

Assim, perguntam voces: atão (se lêm este blog é porque dizem atão) oh Tino, simpatizas com um tipo que tem tudo para não ser nada? E eu respondo, sim!! E respondo sim, não porque se trate de uma simpatia misericordiosa, como quem simpatiza com os nossos atletas Paralimpicos (piada que me vai valer mails de repudio, já sei) ou com os lagartos quando estão a apanhar 4 em Angola. Simpatizo com ele porque se trata de um tipo que, contra todas as possibilidades, tem um nivel técnico acima da média, não só a jogar com as mãos, mas inclusive com os pés. Estamos a falar de um redes acabado de sair dos juniores e cuja principal preocupação no momento de defender uma bola é, pasmem-se todos... blocá-la (allô quim estas a ler? Blocar** não é o mesmo que espalmar), o que parecendo que não, acaba por dar um jeitaço do catano no momento de evitar recargas. Esta sempre foi a caracteristica que mais admirei no Saint Michel e no Buffon e que nunca se viu em redes como baia, casillas ou bossio, cuja principal preocupação quando surge um remate adversário é saber para que lado da baliza se há-de conceder o canto (no caso dos 2 primeiros) ou saber com que mão agarrar a bola dentro da baliza (no caso do argentino).

Por estas e por outras, meus amigos, aqui digo sem qualquer receio de falhar: Saint Michel Domingues é o futuro da baliza do SLB. saiba ele alterar o seu nome artistico...

* - Reparem o meu nivel de "Jorge Jesuismo": sou de Castelo Branco, em cujo Benfica o Joca jogou e estou radicado em Almancil em cujo Almancilense o JJ jogou. No fundo, há aqui um padrão... o nosso treinador persegue-me.

** - o termo blocar aprendi-o no livro "Manual do Futebol Moderno". Não me lembro os autores, mas lembro que falava sobre a juve e o inter de Trapp e o Milan de Sachi.

PS - caro Michael, caso leias isto, podes pedir a minha morada para me enviares a tua foto autografada e uma camisola através do mail amaodevata@gmail.com.

(este post auto destruir-se-á mal 10 segundos após o Michael ser dispensado do SLB, caso isso algum dia venha a acontecer).

10 comentários:

Bcool973 disse...

E não dizes nada de monstros como o rinat dasaev ou o tony schumacher ? Já não falo do dino zoff, que esse só me lembro do mundial de 82. E do palhaço do pfaff ou do não menos clown higuita ? O azar do Manuel Galrinho Bento foi a lesão no México senão tinha dado mais uns anitos à casa. O Silvino e o Neno eram fraquitos, mas o Bossio era inenarrável. Quanto ao Mika, nome normalmente dos míudos filhos de emigrantes que se chamam Michael, penso que aprendendo com o Artur e sendo posto a rodar numa equipa com ambições, na primeira ou segunda liga (para não jogar com 10 à frente) é gajo para pedir meças ao Artur daqui a 2/3 anos.

Diego Armés disse...

Eu destes assuntos percebo pouco. De cada vez que a bola chega às imediações da baliza Benfiquista, tapo os olhos. Talvez seja por isso que nunca vi uma grande defesa do Bossio ou do Moretto. Talvez... Dos outros guarda-redes, gosto muito do Chech (sobretudo, antes do traumatismo), sendo que o Buffon continua, para mim, a ser o melhor. O Neuer também tem nível e diz que o De Gea, logo que absorva a escola de Manchester e elimine do espírito a do SAporting de Madrid, se pode tornar um keeper de topo. Quanto ao Mika, era pô-lo no Sporting para eu vê-o com atenção e em acção abundante.

Constantino disse...

Bcool,

Vou apenas considerar redes que não eram só bons na sua terrinha. Dasaev em Sevilha parecia o Rodolfo Rodriguez. Schumacher era demasiado idiota para entrar numa lista de melhores. Pfaff nunca o vou respeitar por ter feito Preud'homme suplente dele (devia ser agredido barbaramente pelo Schumacher). Dino Zoff não cheguei a ver. Higuita era um libero muito fraquinho. Silvino não era tão mau quanto isso, a tal ponto que nunca entendi como podia ser suplente do julio iglesias wannabee (pior redes que vi no SLB a fazer epocas completas a titular).

Diego,

Eu chego a dizer que prefiro uma grande defesa a um grande golo. por exemplo, queres comparar a magia de uma grande defesa do Artur à parvoice de um golo do hulk?
Quanto aos que falas, Buffon melhor do sec XXI, sem margem de duvida. Neuer melhor redes da actualidade e ainda é novo. cech nunca fui muito à bola com ele e depois do capacete passou a ser o pior redes a entrar em listas de melhores do mundo. Parece que já so entra nas votaçoes por misericordia "ah metam la o checo que ele levou uma joelhada na nuca". De Gea ainda me hão-de explicar o que todos vêm de qualidade nele... lá está, tem mais de 1,89, é logo bom... actualmente o Vladan era bem capaz de jogar no real ou no barcelona.

Abraço a ambos os dois.

Hattori Hanzo disse...

O Higuita era fraquito ... mas fez aquela defesa de escorpião contra a Selecção Inglesa (já depois de ter estado preso se não estou em dúvida) e aquele passe que fez ao Milla no Mundial de 90 também foi muito bom. Dassaev e Schumacher eram mesmo bons. De Pfaff só me lembro de ser um palhaço (à imagem do que foi mais tarde o Ravelli) e que o fez com que Preud'Homme fosse seu suplente na Selecção.

Anónimo disse...

Acho que o Mika nunca vai singrar no Benfica, e, posso dize-lo, por culpa propria. Tendo duas naconalidades, optou pela portuguesa. Ora, para o JJ, isso é daquelas caracteristicas que nao se desculpam. Tivesse o Carlos Martins a possibilidade de nao ser portugues...

HenriqueLourenço disse...

Relativamente aos guarda-redes mencianados, a maioria nao vi jogar, mas considero-me bastante conhecedor do assunto. Bastou acompanhar os ultimos 15/20 anos do glorioso para saber que qualquer individuo que nasce e se torne guarda-redes, terá uma qualidade balizada entre o roberto e preud'homme.

José Silva disse...

Porra Tino, o Dasaev chegou ao Sevilha com mais de 40 anos.

O Mika como provavelmente nao vai ser emprestado nao vai ter jogos para um dia ser GR de topo e vai outro jovem redes que foi suplente do glorioso, embora possa acontecer alguma coisa estranha porque ate o nereu consgui fazer uns jogos

Marshall disse...

Talvez seja por eu ser novo, mas, quando penso em guarda redes, vêm-me, inevitavelmente, dois nomes à cabeça: David Seaman e Oliver Kahn.

É pura coincidência estes nomes ainda não terem sido mencionados, ou eu é que não percebo nada disto?

PS: Grande Blog Constantino.

Constantino disse...

Zé Silva - Dasaev chegou a sevilla com 30/31anos, o que em idade de guarda redes equivale aos 25/26 anos. Aliás o tipo reformou-se aos 34/35 anos.

Marshall - o seaman nunca achei grande espingarda, excepto quando andou a apanhar os balrroaços do Isaias dentro da baliza em highbury. Kahn sem duvida um dos grandes, apesar de a meio da carreira lhe ter dado um avc e ter ficado bipolar. Se ha coisas que me recordo foi a primeira vez que vi jogar kahn: karlsrue-boavista, sacou um golo aos pés do ricky.

Abraços

José Silva disse...

Tino

Mea culpa da minha parte, o homem tinha mesmo menos 10 anos do que eu pensava e apesar de o ter visto essencialmente na selecçao e em alguns jogos do Spartak, o homem era extraordinario e nao mostrando tudo aproveitei para ver os numeros dele pelo sevilha e parecem-me dentro da normalidade

So uma adenda Rossi o pior redes de sempre a ganhar a champions, provavelmente o pior redes italiano de sempre