quarta-feira, 20 de junho de 2012

Os Limites da Conspiração

Desde muito novo que me rendi à magia e à mística de uma boa Teoria da Conspiração, tornando-me num acérrimo fão das mesmas. Neste campo, a minha paixão por uma boa Teoria da Conspiração é de tal forma empedernida que me considero quase americano, daqueles hillbillys dos vilarejos do interior do Alabama, que vêm as explosões de metano expelidas pelo ânus da esposa como tentativas de assassinato por parte do Governo Federal. Sou tão "Alabamês" que se tivesse vivido nos anos 60/70 certamente que era lagarto, que isso de o SLB estar pejado de descendentes de escravos das nossas ex. colónias só podia ser uma trama desses vermelhos comunistas que se tinham dado ao desplante de fundar um clube de futebol democrático, multi cultural e pasmem-se todos... multi racial para descredibilizar o Grande Líder do Estado Novo, bem como a imagem do país além fronteiras.

Mesmo sendo um dos maiores defensores a nível mundial de tudo o que implica "eles vêm lá para nos fazer a folha e nem trazem marmita para o almoço porque vão ser muito rápidos", há coisas que nem eu papo. Sim, por estranho que pareça, até eu tenho os meus limites, por muito que seja obrigado a admitir que os mesmos são muito extremos... inclusive são muito mais extremos do que o Bruno César é ou do que o Maxi Pereira foi. O facto contudo, é que se me tocam na extremidade sem prévia autorização minha, eu fico que nem posso... e esta é uma regra que aplico mesmo a todas as minhas extremidades. É por isso que fiquei um pouco enxofrinado da pinha por ver tanta gente flipada do juízo com a mais recente classificação dos árbitros. Detesto os gajos do apito e toda a gente que os gere, mas há questões que me parece que vão um pouco... "além fronteiras"... as principais acusações que me indrominam e que eu tenho dificuldades em assimilar são:

1. "Ah e tal o proença foi eleito o melhor árbitro do ano só por causa do golo do maiconas" - ora fodasse, o gajo arbitrou a final da Champions, que imagem daríamos ao Mundo se o que foi considerado (justa ou injustamente) o melhor árbitro da Europa não fosse o melhor cá do burgo? "Escuta lá óh platini, o proença é o melhor da Europa, mas por cá é o bruno paixão que manda catarro pah"... era isto? E de uma vez por todas, desmistifiquemos a coisa... o proença é bom árbitro, como tem provado nos jogos internacionais. O problema dele é ofuscar-se todo das retinas com as camisolas das papoilas saltitantes, mas sejamos realistas... isto não é mal que afecta todos? Para além disto, o tipo tem todas as condições exigidas a um bom árbitro: tem cabelo oleoso puxado para trás para ser mais aero-dinâmico; tem fiscais de linha estrábicos o que dá um jeitaço do catano na hora de dizer "uma excelente arbitragem, apenas traída por um dos auxiliares"; faltam-lhe dois dentes à frente o que dá imenso jeito para encaixar o apito na boca nos dias em que as mãos estão um pouco mais oleosas por ter que se auto aplicar o gel por o Gerente da Caixa não lhe ter orientado uma matrafona para lhe dar o tratamento capilar do costume.

2. "Foscasse os seis primeiros classificados prejudicaram todos o SLB" - é peta... é invenção... está errado!!! Os vinte primeiros classificados prejudicaram o SLB!!! Se a classificação fosse feita tendo em conta os danos que fazem ao Glorioso, desciam todos de categoria. Tínhamos os jogos da 1ª Liga a serem arbitrados por gente sem qualquer formação e sem a mínima vocação para a arte da arbitr... ehr... esperem... pois, já é isso que acontece... então está tudo certo. Em compensação se a classificação fosse feita tendo em conta os benefícios aos corruptos, havia muito troféu de melhor do ano para distribuir. Teríamos que mandar os nuestros hermanos exterminar mais uns Incas ou uns Aztecas para sacarmos ouro suficiente para as estatuetas... era isso ou três descargas de napalm no Alentejo que parece que aquilo reluz mais que a casa da Madalena e não é por causa do trigo nem do centeio.

3. "Aqui d'el Rey... chamem a NATO e a UNESCO e o FMI... o bruno paixão ficou mal classificado e pode perder as insignias de internacional só porque prejudicou os corruptos em Barcelos" - ora caralhos me fodam, querem ver que o gajo agora é bom árbitro não?  Ninguém se insurgiu pela forma como o tipo chegou a internacional, mas agora ficamos todos admirados por ele ir perder as insígnias? Este é o tipo de caso que não se pede para escolher o jogo que poderá ter pesado na má classificação dele. O que peço é que alguém me indique um único jogo que pudesse beneficiar a classificação dele. Tenho a absoluta certeza que um híbrido entre o Luís de Camões (só com 1 olho), o Capitão Gancho (só com uma mão), e o Tenente Dan Taylor do Forrest Gump (sem pernas) atado a uma baliza e de costas para o jogo, era melhor árbitro que o Setubalense num dia bom.

4. "Isto é tudo um complôt, desceu de categoria um árbitro de Lisboa e subiu mais um do Porto" - pois bem meus amigos... é a crise dos corruptos a dar sinal de vida. Esta é uma forma bastante eficiente de poupar guito nas deslocações Lisboa/Porto/Lisboa dos árbitros no momento de irem receber "aconselhamento matrimonial" à casa da Madalena. Diz que até já havia meninos que no momento do aconselhamento já entregavam as facturas de combustível e de portagens ao Gerente da Caixa. Por outro lado, com mais árbitros do Porto, o papa pitas não precisa estar 1 hora ao telefone a dar indicações de como chegar à casinha iluminada. Parecendo que não, isto é coisa para não só poupar na conta de telefone, como também poupar nas petas que se vão ter que mandar em tribunal para justificar os ditos telefonemas. É que já nem o Labaredas sabe que mais patacoadas inventar. E reparem, se para um gajo de braga se leva 1 hora de telefone, quanto não deve ser preciso para dar indicações a um tipo de Lisboa e o duarte gomes não pode estar sempre a dar boleia à malta, até porque todos sabemos que ele não tem muito jeitinho para a condução...

4 comentários:

Pedro disse...

Constantino, o Proença só foi à Champions por causa do golo do Maicon (e outras exibições de igual calibre). Foi o pagamento de tal prestação. A classificação final é a conclusão óbvia de tal empenho na conquista do título pelos corruptos.

Não penses, por um segundo, que as coisas não estão ligadas. Faz tudo parte da conspiração.

eagle01 disse...

Com uma certa ironia à mistura, creio que revela bem o estado de preocupação que deve assolar qualquer adepto do Benfica.

A classificação normalmente é feita com base no critério "pontos tirados ao Benfica/pontos oferecidos ao FCP". Se recuar 4 anos verá que quando o QUique esteve aí, o melhor árbitro foi o Jorge de Sousa (Proença em 2º lugar). E foi. Sabe porquê? Porque em 4 jogos que arbitrou ao Benfica, tivemos 3 das 5 derrotas entodo o campeonato. Ora diga lá que ele não foi bom?

O Bruno Paixão arbitrou 1 jogo ao FCP, ao SCP e ao Benfica. O FCP e o SCP perderam (ambos em Barcelos, por coincidência), o Benfica ganhou (em casa ao Maritimo). Está a ver? Não presta, logo tiramos as insignias de internacional ...

Falta dizer que o Sr.º Vieira, apoiou inequivocamente a lista do Dr.º Gomes, com Vítor Pereira na arbitragem ...

E assim sendo, tería mesmo que despedir o Quique, para que tudo fique bem e não se fale de "sistemas" ...

www.basta2002.blogspot.com

Carlos Alberto disse...

Fosga-se os gajos até roubaram a password do Costantino e colocaram este post só para nos desmobilizar!!!

Aposto que, ao contrário das aparências trazem marmita pois vieram para ficar.

Queremos o Constantino de volta...

Mr Smith disse...

Como diria o JJ:

Exalente poste !!