terça-feira, 6 de março de 2012

Sr. Doutor, vim fazer análises ao meu nivel de Karma (o post que vai tornar este blog famoso....por ultrapassar os limites do razoável)

Hoje preparo-me para esborrachar todo o trabalho da Maga Patalógica de Viana do Castelo, arrebentando-lhe o karma pelo simples facto de alterar as minhas rotinas de dia de jogo. Vesti boxers vermelhos, escrevo um post, vou cortar o cabelo e até estou a pensar em tomar banho. E para desfazer o trabalho de uma bruxa, a nivel bloguista só mesmo postando a maior pesquisa histórica feita neste blog, que é como quem diz... a primeira.

Não sei como isto aconteceu, mas ainda ninguém se lembrou ou eu não li quem se tivesse lembrado, que cumprem-se esta época 20 anos desde a última vez que o SLB defrontou um campeão russo na Liga dos Campeões, ainda por cima num encontro com bastantes semelhanças com o actual. Estou a falar, claro, dos jogos com o Dinamo Kiev.... e calma, antes que desatem num choroso "este gajo está parvo, o Dinamo é ucraniano, estou aqui a perder tempo... senha 38... quem tem a senha 38 pode avançar...". Eu explico (gáiátos peguem a sebenta e tirem apontamentos que o Tio Tino não dura para sempre).

Ora bem, estávamos nós na época 49/50 D.E. quando o SLB entrou na 1ª Edição da Champions. Politicamente falando, a Europa de Leste era tipo uma salada feita pelo Jamie Oliver, nem com livro de instruções se entendia aquilo. O Muro de Berlim tinha ido com os porcos e decorava porta chaves por esse mundo fora e a URSS desmembrava-se mais depressa do que um clube liderado pelo joão bartolomeu, privando o futebol das mais belas camisolas de selecção que os relvados já viram (putos é procurar equipamentos CCCP). Nesta altura de grande nacionalismo, os jogadores regressavam às terras natais e abraçavam as novas nações com orgulho... excepção feita a alguns indigentes tipo o Yuran que nascido na Ucrânia preferiu jogar pela Russia, aproveitando o Mundial 94 para fazer a cabeça em água ao seleccionador local, isto enquanto Toni ria à gargalhada, decantando um tinto reserva de 1980 em Bordéus, momentos antes de proferir as salomónicas instruções "pr'á droite... agora pr'á izquierde", instruções essas que contribuíram para que Zidane se tornasse num dos maiores de sempre e convenhamos... são bem capazes de ter despoletado o sentimento nacionalista basco no Lizarazu. Foi também no meio deste emaranhado politico que a UEFA teve uma das suas mais brilhantes decisões e enviou para um país apinhado de suecas boas e giras, um grupo de ex.soviéticos apátridas liderados...pelo Yuran.... era a Comunidade de Estados Independentes, uma coisa que tinha tudo para correr mal... e correu... 1 derrota e 2 empates e eis que as suecas voltaram a respirar descansadas.

Portanto, foi neste belo panorama que o SLB entrou em competição na Champions, iniciando o seu trajecto atropelando uns ratos malteses com nome de espirro, Hamruns (santinho) com uma batelada de golos de... Yuran, sempre ele, ao que se seguiu um valente "see you later aligator" ao Arsenal, saído dos pés do Isaias, com ambos os dois dedos do meio de ambas as duas mãos em posição lascivamente fálica. E eis-nos no sorteio, onde ficamos colocados num grupo com o campeão espanhol, Barcelona; um campeão (ainda) checoslovaco, Sparta Praga; e um campeão... soviético de 48 D.E., Dinamo Kiev. Atendendo nós ao facto de a Rússia ser considerada a herdeira natural da URSS...temos a última vez que encontramos o campeão russo na Champions.

Ambos os jogos foram históricos para quem os viu e no caso do primeiro, com algumas semelhanças com a nossa visita a St. Petersburg. Os mais velhos certamente recordarão que nessa visita à neve de Kiev o SLB saiu derrotado por 1 golo de diferença, tal como agora (0-1 e agora 2-3) e um nosso avançado saiu todo esfrangalhado a meio do jogo. Na altura foi Rui Águas que teve um encontro de primeiro grau com um demente e acabou o jogo mais cedo com um dos perónios a dançar a polka ao sabor do vento. Ficou inclusive na memória colectiva o momento em que se descobriu que Águas tinha o perónio ligado directamente ao braço e que quando o primeiro partiu, o segundo distendeu e só a muito custo se conseguiu enfiar o filho do capitão dentro da ambulância.

Agora, a parte boa da história, é a que eu espero muito sinceramente que se repita. No jogo da 2ª volta, com o SLB obrigado a vencer por 5 para ainda poder discutir o apuramento em Barcelona... ganhamos mesmo por 5 (espero não estar a dar pérolas a porcos), com mais uma brilhante exibição de... Yuran, quem mais (já vos disse que este jovem até tinha sido contratado ao Dinamo?). Refira-se que depois fomos a Barcelona assinar a sentença de morte do José Carlos enquanto atleta do SLB, pois ninguém lhe perdoou o numero de vezes que o Stoichkov passou por ele. Na verdade, o bom do Zé Carlos só não foi ultrapassado com o búlgaro a fazer o pino, de resto foi em corrida, a passo, ao pé coxinho, em cima de uma bola, em cima de uma bola a fazer malabarismo com o Zé, o Paneira e o Bento... um arraial....que eu espero muito sinceramente que tenha a devida vingança nos quartos da actual Champions...nem que para isso tenhamos que ir buscar o Yuran outra vez...

14 comentários:

mrmg disse...

Esse teu tom brejeiro para com o Yuran...

Mas foi o Cesar Brito que tb brilhou ao marcar 2 golos nesse jogo (o 1º e o 2º). Isaías marcou o 3º.

Realmente o José Carlos encontrou o seu nemesis em Nou Camp...

lawrence disse...

Ali em cima aquela do "estávamos na época de 49-50" e "O muro de Berlim tinha ido com os porcos"...
Faltam pontos, virgulas...
Pronto, também percebi que estás a tirar pressão de cima do Emerson ao ires "buscar" o Zé Carlos!

Constantino disse...

mrmg - é apenas o tom brejeiro que merece quem troca o SLb pelos corruptos.

lawrence - aulas de português a esta hora? Pensava que era ponto assente que gramática não era a minha especialidade.

Abraços.

lawrence disse...

Desculpa, ao ler "vejo" as duas coisas na mesma época.
Qual aulas de pretuguês qual camandro!

Constantino disse...

lawrence - as coisas aconteceram mais ou menos na mesma altura: 1991/92 Depois de Cristo corresponde a 49/50 Depois de Eusebio... o Muro de Berlim não caiu nesse ano, mas andava tudo de pantanas ainda por causa disso.

lawrence disse...

Olha lá o burro que eu sou que não apanhei o que queria dizer o D.E.
Pensando que também tinha sido uma "gralhazita"!
Tunga!
Da boca para fora, diria que estou a perder qualidades!
Pensando melhor... nunca as tive!

Mas consigo sempre acertar na porra destas letras anti-robô!
Qualquer dia escrevo ao contrário porque acho que também passa!

André Costal disse...

dass, qdo vi que tinhas escrito um post até se me cairam as azeitonas

amcslb

Constantino disse...

lawrence - não te preocupes que tambem eu tenho extrema dificuldade em perceber o que escrevo. tenho dias em que acabo de escrever um texto, vou le-lo e penso que estou a fazer o teste anti-robot.

Andre - mais vale cairem-te as azeitonas por causa de um post do que por serem varejadas. è só um palpite, mas parece-me que é coisa para doer menos.

José Silva disse...

é preciso tê-los no sítio pra fazer humor com a lesão do igualmente traidor, e não dispensado, mais grave a traição sendo filho do enorme Zé.... mas seguindo o tê-los no sítio parece que alguem os teve lá prós lados da sad

Anónimo disse...

O que achas no André Vilas Boas no Benfica? Sim ou Não?

Constantino disse...

Zé Silva - podes crer que o meu indice de humor relativamente a lesões é proporcionalmente contrário à dor que elas me provocam. Tenho a certeza que quando eu partir um perónio não os terei no sitio para gozar com a situação.

Anónimo - eu é que estou curioso para saber o que pensas da tua pergunta.

Um Estranho disse...

E o José Carlos era jogador de...? Era mesmo futebol?

Abraço,

Bcool973 disse...

conseguiste quebrar o bruxedo, tu e o diego

Vitto Vendetta disse...

Foda-se, um texto teu vale mais que 50 do Rabujo Pereira!