sexta-feira, 29 de outubro de 2010

SLB 2-0 marceneiros

Óh nandinho gomes, aponta ai mais 3 na conta do SLB do Giovanni Jesus que é só por causa das moscas.
Depois de ver este jogo e tendo em conta as 8 jornadas anteriores sou obrigado a concluir que Jesus quer fazer o Grand Slam: no ano passado fomos campeões a dar espectáculo à moda de Hagan e Eriksson, este ano vamos ser campeões a evitar ao máximo dar espectaculo, assim a modos como um Mortimore ou um Trappatoni. Um génio o nosso mister italianizado e cattenaciozado.
Da minha parte sempre fui da opinião de que para se ser campeão tem-se de jogar bem, porque é esse o destino do nosso Clube, mas que raio, quem sou eu para andar com estas considerações. Não tenho problemas em confessar que neste aspecto tenho a espinha mais empenada que o cotonette, portanto, se ganharmos o campeonato permitindo uma media de 16 remates a um qualquer paços de ferreira na Luz, ganhando jogos por 1 ou 2 zero.... por mim é na boa, saiam da frente que eu sou o primeiro a festejar.
Contudo sou obrigado a dizer que para quem se habituou às futeboladas de há um ano, estas últimas 5 vitorias sabem um bocadinho a pouco. Sei que pareço exigente, mas pensem nisto: coloquem-se no lugar do Brad Pitt. O homem um dia deita-se com a Angelina Jolie ao lado, no dia seguinte acorda com a Oprah na cama. São as 2 podres de ricas, famosas, participam em acções de beneficencia, mas.... não me fodam, não é a mesma coisa. É o que sinto esta época com o nosso Glórias. Com as devidas diferenças, o Pitt ao pé de mim parece o Karagounis.
Do jogo de hoje salta também há vista que um dos grandes mistérios da humanidade neste momento é como é que é possivel uma equipa estar há 5 jogos sem sofrer golos tendo uma transição defensiva tão deficiente (ao adoptar a expressão "transição defensiva" estou a tentar dar alguma credebilidade ao blog, quem vier aqui pela primeira vez pensará que o autor percebe mesmo de bola). Talvez seja uma medida táctica do Giovanni Jesus: a melhor forma de colocar o Roberto a jogar bem é mete-lo a defender uma defesa com mais buracos que o que uma rede de de pesca numa traineira na Trafaria, para o rapaz se sentir em Saragoça outra vez. Vê-se que o espanholito esta mais confortavel quando está sistematicamente a ser bombardeado. Se estiver 10 minutos sem fazer nada, a concentração dele entra em apneia.
De resto há a destacar o golão do Pablito e o bom jogo do Saviola (os frageis e pequenos como lhes chamou jose antonio saraiva no record de anedotas que escreveu ontem) que continua a guardar golos para o dragão. Se continuar assim com o Lyon, vai ser um fartote do catano la na sicilia portuguesa. O facto de termos terminado o jogo sem amarelos para os 3 elementos tapadissimos que estavam em campo foi um fenómeno só superado pela marcação de um pinalte a nosso favor. Quanto a este (meio duvidoso) tenho cá para mim que foi marcado para que não chegassemos à 11ª jornada sem penalties a nosso favor, porque no próximo jogo é garantido que não vamos ter nenhum. Neste aspecto ficamos conversados no post que escrevi antes da Supertaça (aquele onde fiz uma pesquiza historica assombrosa e extenuante onde conclui que há 10 anos que não se marca 1 penaltie a favor do Glórias contra o braga B..... ide aos arquivos seus preguiçosos).
Negativamente há a destacar 2 individuos para os quais eu, muito sinceramente, já esgotei a paciencia: Gaitan e peixoto. O argentino pura e simplesmente recusa-se a defender "los otros que trabajem que nem asnos ah ah ah" parece dizer o puto. A acrescentar a isto soma-se o facto de demorar a encarrilhar no sector atacante, não fazendo uma jogada com cabeça, tronco e membros. Ha uma jogada no final do jogo em que num contra ataque e com 4 homens do SLB soltos na área, ele tenta fazer um chapeu a um redes de 1,90m que estava em cima da linha. Se não me tivessem obrigado a deixar a minha caçadeira de canos serrados à entrada do Estádio, tinha-o assassinado logo ali. E em tribunal não ia revelar nenhum arrependimento. Quanto ao peixoto eu só lhe peço 2 coisas: hombre perde 30 quilos e acorda pelo menos mais 90 minutos antes do que andas a acordar agora, o que basicamente irá coincidir com o inicio do jogo. Uma aventesma sem igual que está a fazer todos os possiveis para ultrapassar o Luis Filipe no estatuto de tipo mais odiado do plantel. Está a fazer um excelente trabalho para o conseguir.
Só para terminar, uma palavrinha para os marceneiros de paços de ferreira: equipa muito interessante, que foge ao prototipo jose motista que foi granel durante toda a historia primodivisionária dos tipos. Do Rui Vitoria parece-me que é rapaz para manter debaixo de olho, porque há ali muita qualidade.

2 comentários:

André Marques disse...

ouve lá.. tu escreves para a produções fictícias? cada post teu é delirante.. parabéns

amcslb

Dogus disse...

Acho que o Peixoto já consegue ser o jogador mais odiado do plantel... mais que não seja porque o homem aparece em todos os jogos e SEMPRE MAL! Já o Luís Filipe aparece sempre mal mas muito de vez em quando. A malta até se esquece dele... E ao menos este último ainda ia marcando um golo aos corruptos o ano passado na Catedral. Mesmo que a bola tenha saído a meia dúzia de metros, para o homem é muito!