quinta-feira, 7 de abril de 2011

SLB 4-1 phillips curto circuito

Eu sei que é feio, mas não posso evitar: sinto inveja!! À medida que se vão sucedendo os jogos do SLB eu vou sentindo cada vez mais inveja dos nossos adversários: deve ser espectacular entrar em campo com um guarda redes a sério. Atenção que sou velho o suficiente para lembrar que tempos houve em que os melhores momentos para ir fazer uma mijadinha durantre os jogos do Glórias eram quando haviam remates ou cruzamentos contra nós. Nunca havia perigo. Agora as coisas estão um bocadinho mudadas: quando há remates ou cruzamentos contra nós não saio do meu lugar para ir mijar, molho a cueca logo ali. Não sei se já é incontinência urinária ou se estamos perante uma nova doença: robertite, mas por via das dúvidas já só vejo jogos do Glórias de cachecol ao pescoço e fralda no baixo ventre.
Uma vez mais, o SLB ficou a dever uma goleada ao redes adversário. Este sueco então foi buscar 2 golões do Cardozo. Em ambos os remates, o paraguaio desafiou as leis da natureza: a bola levou tanta potencia que saiu do pé dele num minuto e chegou às mãos do sueco no minuto anterior. Foram 2 remakes do regresso ao Futuro. Parecia o Michael J. Fox com mais 1,50m de altura.
Fizemos uma valente peladinha com os ganzad.. holandeses, que não são tão toscos como se fala por ai. Podem até nem ser nenhum barcelona com a bola, mas sem dúvida que a equipa da phillips percebe de electricidade: o jogo já acabou há quase 1 hora e a luz da Luz ainda não foi abaixo. Agora, se não for pedir muito, podiam dar um jeito ao quadro electrico da Catedral e meter a alimentação dos holofotes e dos balneários do visitante em circuitos separados? É só naquela de na próxima vez que perdermos em casa, o vieira em vez de dar barraca a desligar a luz toda do estadio, desliga só dos balneários. Dá menos nas vistas.
De qualquer forma e sem querer esticar-me muito nesta questão da electricidade, eu acho que descobri a razão para o apagão de domingo: chama-se Maxi Pereira. O tipo corre tanto para a frente e para trás que parece um dinamo. Não me admirava nada que o uruguaio estivesse directamente ligado ao gerador do estadio. Como no domingo encostou à boxe...
Quanto ao Salvio, já chega de se armar em parvo. Se não quer ficar no SLB que diga logo, agora, andar a fazer de propósito para inflaccionar o passe... é falta de honestidade. Golos de calcanhar? Andamos a brincar meu menino? Lá porque os ganzad...holandeses nos fizeram aquela desfeita em 88 não quer dizer que tenhamos que entrar pela humilhação. Também em má forma parece estar o Jardel: 94 minutos em campo e não rachou uma cabeça a ninguém. Está a ficar xoninhas. Entretanto o joão rosado passar um jogo inteiro a dizer que o Jardel é muito mais rápido que o Sidnei... devia estar a ver o jogo em fast forward.
Para o fim guardo o melhor: Saviola e Aimar. Recomendo vivamente ao SLB perguntar junto da UEFA se podemos jogar com 12 jogadores, pois para todos os efeitos o conejo e o payaso só deviam contar como 1. Ele usam 1 cerebro, pensam o mesmo, fazem o mesmo, quando um deles marca golo grita "go" e o outro "lo"... logo são o mesmo... logo, andamos a jogar com 10 jogadores... logo deviamos ter direito a meter mais 1 em campo. E aqui a minha proposta até é mais concreta: 2 guarda redes, só para prevenir.
Resumindo e concluindo: parece que chega destes electricistas ganharem troféus às nossas custas. A coisa ficou bem encaminhada, basta que em eindhoven os nossos jogadores não consumam nenhum produto local. É levar cozinheiro e tudo.

8 comentários:

OBlau disse...

grande post!! VIva O BENFICA PAH!!

Dylan disse...

Grande texto Constantino (andas inspirado). E andam estes cromos a escrever nos jornais sobre o Benfica e a receber dinheiro por isso. Farias melhor figura, amigo transmontano.

MAFARRICO disse...

Lá vou eu ter que ir á pedreira, e levar o farnel para o Bom Jesus.
BENFICA SEMPRE

Edgar disse...

Roberto tem 25 anos. Estreou-se nesta época por um clube de dimensão mundial, o que implica enorme pressão e cobrança, para qualquer jogador de campo, mais ainda para aquele que ocupa a posição específica de guarda-redes. Teve erros, logo de entrada, que mostrou saber corrigir, contornando as dificuldades com força técnica e mental (sendo este último aspecto algo indispensável para quem defende as redes de um clube como o nosso).

Sou pelo Roberto, não por teimosia, mas por fé nas suas características e qualidades. Espero que esta (nova) fase menos boa seja rapidamente ultrapassada. E que os benfiquistas não se esqueçam que, antes dos “quartos”, houve “oitavos” e, nesse momento, foi preciso um Roberto para que se desse o passo em frente.

Quero acreditar que o Benfica lhe dará as oportunidades para crescer e se tornar no grande guarda-redes que promete vir a ser.

Anónimo disse...

(PENAJ) Grande Benfica! (Tudo perfeito menos o Bob Chicken!)

Mr. Shankly disse...

Muito bom, inspiradíssimo!

Alforreca disse...

Fantástico, todo mijado estou eu de tanto rir!

Viva o Benfica.

marley disse...

Grande post,cheio dehumor e muito bem escrito.A brincar a brincar...se dizem as verdades. Fartei-me de rir.
Viva o Benfica!
Maria