segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Falhei... novamente

Considero-me um tipo minimamente informado a nível futebolístico. No entanto cometo tantas gaffes que sou quase um vitor pereira da blogosfera. Digo-o com tanta certeza que até já encomendei as faixas de campeão de gaffes da blogosfera. A última ocorreu-me ontem.

Durante toda a carreira do Yannick a minha avaliação sobre o rapaz era qualquer coisa: fisicamente bem constituido, rápido, mas com 2 talochas dentro das botas. Ontem o gajo entra em campo e a minha primeira reacção foi "quem raio cortou as pernas ao homem?". Pasmem-se todos, eu pensava que o tipo era para ai da altura do Rodrigo e no fim o tipo é mais pequeno que o João Pinto (aquela merda do Vieira era por causa de um lateral direito gordo e corrupto, pelo que não a utilizo).

É certo que tenho motivos para dizer que pensava que ele era alto. Afinal de contas a última vez que o vi ele estava entre o moutinho e o matreco pereira e parecia o pai deles. Lembro-me de ter comentado "olha que bonito, o Pitt e a Jolie adoptam meninos africanos e o Djaló adopta meninos portugueses e ainda os leva à bola". Outro facto que criou a ideia errónea na minha cabeça só pode ter sido o facto de ele, durante os tempos de lagartez usar os calções por baixo dos sovacos, lembrando-me eu de um jogo em que tinha os calções tão aparramados à virilha que até um tomate se via de fora.

Contudo, a principal razão de eu sempre pensar que o tipo era alto, tem a ver com um estereótipo. O último guineense que me lembro de ver de águia ao peito foi o Doce Reinaldo e meus amigos, dizem (atenção, dizem) que tamanho era coisa que não lhe faltava. Assim, só me resta alterar a minha opinião acerca dele: é um gnomo, rápido e com 2 talochas nas botas. Agora cabe ao Jesus fazer dele um grande jogador. Da minha parte sobra um conselho para o nosso mister: Djaló a treinar junto ao Luisão, Garay e Javi... só em treinos à porta fechada, não vá a ASAE enviar inspectores aos nossos aprontos semanais e multarem-nos por mão de obra infantil.

2 comentários:

Ricardo disse...

Matutei no mesmo, quando ontem vi o meia-leca pisar o belo relvado da Luz. O que se terá passado? Decresceu, levou um murro à Obelix no toutiço, cortou vértebras para um auto-broche personalizado?

O futebol é um mundo mágico e transcendental.

Visconde do Fosso disse...

Quando marcar o 1º golo estou cá para ouvir os vossos pensamentos.. Vai fazer uns golitos engraçados no seu voo de colibri.. tamanho de colibri.

http://viscondedofosso.blogspot.com/ (Visitem!! Do outro lado da Rua)