segunda-feira, 16 de maio de 2011

Conta-me como foi 2010/11 - Torres

Luisão - el capitan, o dono daquilo tudo, o manda chuva. Deve ser o jogador mais mal apreciado em Portugal. Chegamos ao desplante de ter em Portugal um dos centrais da canarinha e achar que rolando e maicon são os melhores centrais cá do burgo e que o carriço é altamente bueda naice (linguagem de puto para um clube de putos). Melhor central do SLB desde que Mozer se fartou de desfazer tibias alheias e um dos defesas com mais golos pelo Clube (sem contar com os auto golos do paulo madeira), o Anderson Roberto fez mais uma excelente época pelo Glórias. É, também, um case study de um grande jogador que ano após ano o Vieira deixa de fora da sua azáfama vendedora. Será Luisão arrendatário de uma vivenda do presidente e este não quer perder essas coroas mensais ou terá o bigodes colocado as pastas das comissões numa prateleira muito alta, a qual só o capitão consegue alcançar?? Fica a dúvida. De qualquer forma, esperemos vê-lo por cá mais uns anitos valentes.
David Luiz - começou a época totalmente espaventado do juizo, dando mais casas do que a Camara de Lisboa deu à malta do Casal Ventoso (mitica a exibição em gelsenkirchen, catastrófica no dragay). Quando finalmente começou a piar fininho, puseram-lhe um valente par de patins e vederam-no em saldos aos pobrezinhos do chelsea. Mesmo assim foi um dos negocios com mais retorno da historia do Glorioso, juntamente com Brian Deane (para os mais novos, o alucinado do vale e azevedo comprou um tipo com 30 anos por 1 milhão de euros e vendeu-o com 31 anos por 4,5 milhões de euros) e deixou saudades, porque tal como quando chegou, também desta vez o SLB não tinha substituto à altura para a venda efectuada.
Sidnei - dizer que ele tem 25 kg a mais, é banal. Dizer que tem um sistema nervoso tão reactivo como o de um poste telefónico, é banal. Dizer que tem a mesma capacidade de concentração de um chiuhahua a quem metem 4 pratos de salsichas à frente, é banal. O pior disto tudo é que o puto tem bons pés, bom posicionamento e sabe o que fazer em campo... mas porra, a dormir nem o Eusebio catano. Começa a ser desesperante ver este rapaz deixar ficar a carreira para trás e não tarda é metido num negócio em troca de um qualquer Menezes (não esquecer que custou 5 milhões... 50% do passe) sem deixar saudades. E se isso acontecer vai ser pena, porque parecia que havia ali jogador... ou será que ainda há?
Jardel - central com nome de ponta de lança, mostrou-se aos adeptos ao abrir a cabeça a um lagarto. Não sou defensor de violência, mas não deixei de ficar enternecido com a imagem. Infelizmente faltou-lhe pontaria contra a tripeiragem. Possivelmente vou chocar muita gente, mas do que vi até agora fico com a sensação de que não é mau jogador, mas falta-lhe aquele gene de que se devem fazer os jogadores do SLB. É verdade que às vezes me parece fisicamente o Ricardo Gomes, mas nas outras vezes, mete a camisola por fora dos calções atrás e parece-me o Ronaldo Guiaro e quer queiram quer não queiram, este pormenor sobrepõe-se ao anterior. Para a história da Liga Eur... Euro... daquela merda que se vai disputar na terra dos duendes vai sempre ficar o comentario abalizado do joão rosado da sic: Jardel é muito mais rápido que Sidnei... sim pois, claro ó joão....
Fabio Faria - contratado ao rio ave porque... tem mais 3 cm de altura que o Miguel Vitor, fez a fabulosa soma de 45 minutos pelo Glórias antes de ser empandeirado para o valladolid onde já fez valentes 3 jogos na Segunda Liga Espanhola. Não vou criticar a contratação, até porque sou sempre a favor da chegada de jovens portugueses, mas é mais um fiel exemplo da brilhante politica de emprestimos do Glorioso. Basicamente, regrediu 1 ano na carreira, o que é sempre bom para rentabilizarmos o investimento feito nele.... ou se calhar não...
Roderick Miranda - continua a destacar-se mais pelo nome estranho do que pelo que mostra em campo. Dizer que o melhor que fez foi a trinco em olhão da restauração é colocar um valente ponto de interrogação na cabeça daqueles que dizem que é central. Fica também conhecido pelo homem que "está a fazer reforço muscular" e quando joga parece um pisco mais magrinho que o liedson. Aproveite-se as férias e metam-lhe uns anabolizantes e esteróides para o bucho a ver se finalmente fica encorpado. Estando a nação benfiquista desejosa de ver chegar ao clube um central a sério, daqueles à homem, pede-se que este rapaz seja emprestado para não corrermos o risco de nunca virmos a saber se temos jogador ou não. É que ele carrega aos ombros a bandeira do dept. formação do Benfica, mas estaremos perante um pavon ou perante um puyol?

2 comentários:

João Maia disse...

O Miguel Victor é o segundo melhor central que temos, depois do Luisão. E o terceiro é o Jardel, também sou da tua opinião, acho-o bom jogador, mas falta-lhe qualquer coisa.
Pergunto-me, custa assim tanto meter o MV no plantel? Até o jumento do Quique lhe viu qualidade!

Anónimo disse...

A verdade é que com a saída de David Luiz ficámos só com um central a sério, Luisão. Ou os restantes fazem-se à vida, como se diz e mostram serviço, ou temos que ir ao mercado buscar alguém para verdadeiramente fazer o lugar. Sidnei realmente é um bom central, mas por vezes parece que se esqueçe que está em campo e quando se lembra disso é tarde demais, havendo ou não azares maiores. Jardel para mim é muito nervoso, a camisola ainda lhe pesa muito. Roderick, M. Victor e F. Faria, vamos ver no que dá. Para mim destes três o M. Victor é superior pelo que já vi em campo.

Miguel