segunda-feira, 2 de maio de 2011

É muito mau, mas calminha

Como seria de esperar, à vista do golo sofrido pelo SLB ontem em olhão da restauração, todas as culpas recairam uma vez mais nesse portento de goleiro chamado Roberto. Já escrevi aqui muitas vezes que o tipo é fraquissimo tecnicamente e mentalmente deixa muito a desejar. Já expliquei a minha opinião sobre a coisa e visto ser eu tão critico em relação ao rapaz, parece-me que ninguem me vai bater se eu disser: de todos os golo sofridos pelo Roberto este ano, o de ontem é dos que menos culpa teve. Desta vez estão a critica-lo só porque não têm mais nada que fazer. Já parece um tipo com quem vi o jogo para a taça com os corruptos, que no golo do falcão não se coibiu de dizer: fodasse o Julio Cesar não defende uma, esta até ia devagarinho... esqueceu-se que tinha tabelado num defesa, mas naquele momento era preciso descarregar em alguém.
Ora bem, relativamente ao golo de ontem a minha opinião é a seguinte:
- o Glórias, de há 1 ano a esta parte marca à zona em bolas paradas defensivas, porque é a nova moda e porque é super-bem e giraço faze-lo. Os efeitos práticos da coisa são devastadores e já perdi a conta ao número de golos sofridos em cantos ou livres cruzados.
- o responsável pela marcação ao primeiro poste, normalmente, é o lateral e o trinco (Javi ou Airton). Os centrais ficam responsaveis pelo coração da área.
- nunca (repito), nunca um guarda redes é responsavel pelo primeiro poste num canto. A não ser numa defesa mal montada. Caia a bola na grande área ou na pequena área. A área de acção do redes é coração da pequena área e o 2º poste. A própria colocação do redes em cantos é feita ao centro da baliza, por vezes um pouco atrás do centro. Justifica-se isto por ser mais rápido andar para a frente do que para trás. Contudo em caso de bola ao primeiro poste ele apenas tem que deslocar-se de forma a defender o golo em caso de falha de marcação, não o deverá fazer para desfazer o cruzamento.... a não ser em desespero por ver um adversário sem marcação.
- no golo de ontem, a bola cai na zona de Airton (à data do golo, era o trinco) que estava a pensar se ia tomar banho de água quente ou fria. Roberto corre para desfazer o cruzamento porque viu que Airton não estava "nem aí" para o djalmir. Caso ficasse na linha de golo teria sido surpreendido por um cabeceamento indefensavel do brasileiro. Tentou evitar o inevitável e foi o unico a aparecer como mau da foto.
- a melhor forma de ver que Roberto não é culpado neste golo é olhar a foto na capa da abola: aparecem 5 jogadores do SLB no lance e só 2 estão no ar: Airton que salta fora de tempo e está mal colocado e Roberto que já não chega lá. Todos os outros estão a olhar e a pensar: eh eh eh mais uma para o Roberto carregar às costas.
- nada disto invalida que Roberto não tem nivel minimo para o SLB.

4 comentários:

Luiz disse...

Concordo totalmente, amigo Constantino. O homem não precisa de mais "créditos" em asneiras, tem-se desenrascado bem sozinho. Ainda para mais quando lá foi para tentar apagar o fogo e acaba por ser o único que sai queimado.

BTW, excelente explicação de como se deve posicionar um guarda-redes.

Manuel disse...

Totalmente de acordo. Explicação muito bem feita. Excepto o último parágrafo com o qual eu não concordo, e o tempo irá dar-me razão.

MAFARRICO disse...

Há por aí muito melhor e muito mais barato.
BENFICA SEMPRE

Anónimo disse...

Tens razão em tudo, menos no último parágrafo.

Miguel